16.12.16

A mulher é um bicho estranho #1

Olá, meus texuguinhos.
Sei que ando um pouco desaparecida, mas o trabalho não perdoa. Espero esta semana conseguir estar mais activa aqui no blogue, até porque sinto falta de visitar os vossos cantinhos.

Durante estes dias, tenho andado num turbilhão de emoções, que resolvi partilhar  com vocês, sob a forma de uma rúbrica "A mulher é um bicho estranho". O que vos parece esta ideia? Cada texto, vai ter um tema associado (o qual, vocês poderão dar ideias, na caixa de comentários).



O que é ser mulher?
Acho que esta é a melhor forma de começara a rúbrica. Tentar perceber o que é que nós somos. Se consultarmos o dicionário (o Piberam, neste caso), esta é a definição de encontramos:

mu·lher 
(latim mulier, -eris)
substantivo feminino
1. Ser humano do sexo feminino.
2. Pessoa adulta do sexo feminino.
3. Pessoa do sexo feminino casada com outra, em relação a esta. = CÔNJUGE, ESPOSA
4. Pessoa do sexo feminino com quem se mantém uma relação sentimental e/ou sexual. = COMPANHEIRA

Ou seja, segundo o dicionário não passamos de um ser humano, que eventualmente pode também ser a companheira de alguém. Parece algo limitante, e um pensamento um tanto arcaico, não é verdade? Faz-me lembrar os tempo um pouco mais antigos (mas não assim tão distantes, até porque em muitas civilizações isto ainda se verifica, infelizmente) em que uma mulher era alguém que ficava em casa a cuidar da família e a realizar as tarefas domésticas, sem qualquer outro tipo de sonho. Não que isto por si só seja mau. Eu quero vir a ter a minha própria família e cuidar da minha casa. Mas também quero ser mais do que isso, muito mais.

Neste momento, temos um papel cada vez mais activo na sociedade, podemos ir para a faculdade, votar, abrir a nossa própria empresa, viajar sozinhas, enfim, o que quisermos e ambicionarmos. Podemos ser advogadas, médicas, empregadas de caixa, farmacêuticas, engenheiras, cabeleireiras, enfim... Até se quisermos, podemos ficar em casa a coçar os ovários,

Mas a verdade, é que também conseguimos ser um bicho complicado, nada fácil de entender. Por vezes, nem eu me percebo a mim própria. Então quando estamos naquela fase do mês, em que somos invadidas por hormonas implacáveis, que nos fazem transformar em pequenos demónios, sinto que perco todo o controlo sobre os meus sentimentos e pensamentos. Acho que não sou a única a que isto acontece.
Mesmo sem estas hormonas, conseguimos andar confusas, numa constante procura por aquilo que somos e qual o papel neste mundo. Conseguimos levar alguém à loucura, mas no momento a seguir somos o unicórnio mais fofinho e cor de rosa à fase da Terra. Somos inconstantes, mas cheias de amor. Somos sensíveis, mas temos uma incrível força de vontade. Somos aquilo que queremos ser, e somos felizes assim.
É difícil definir numa palavra ou numa frase, o que é ser mulher. Até porque somos todas diferentes umas das outras, apesar de termos bastantes aspecto em comum.
Mas desde que estejamos felizes na nossa pele, essa é a parte mais importante.

E para ti, o que significa ser mulher?


5 comentários:

  1. Gosto da rubrica :) Ser mulher é ser-se forte, é ter responsabilidades, é ser um "alicerce de uma casa", é ser-se mãe, entre mil e uma coisas que a mulher tem e é capaz de fazer (:

    www.thesandrafaela.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. As definições parecem sempre redutoras, mas também conseguem ser interessantes! Neste caso, penso que a parte do 'companheira' se deve simplesmente à palavra 'mulher' ser usada para significar 'esposa', por exemplo, e não se prende propriamente com a definição no sentido que mencionas :)
    Gostei de ler o texto e estou curiosa com os restantes posts :D

    ResponderEliminar
  3. Olá, bem deixa-me dizer-te que concordo contigo em muitas das coisas que disseste. A algum tempo aconteceu-me uma situação que relata mesmo isso. Estava a tentar escolher entre duas coisas que queria e mandei um sms ao meu namorado (que me ia oferecer uma das coisas) a dizer " Eu não sei o que quero!" e desde esse momento ele gravou isso para sempre.
    A mulher (a maioria) é, se pensarmos bem perto de um super-herói. Têm alterações de humor e crises existenciais tal como eles, conseguem chegar a todo o lado e acudir a muita gente (marido/namorado, filhos e muitas das vezes também aos pais), têm um trabalho para além da sua vida de super-herói e no fim de tudo ainda adoram tudo o que fazem xD

    Beijinhos

    http://dejovemaadulta.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Olá! :)

    A seguir o teu blogue! Não conhecia ainda, gostei muito, parabéns!

    Beijinhos
    Blogue | Facebook | Instagram | Youtube | Zomato | Pinterest

    ResponderEliminar